| 10/04/2017

O que falar de 13 Reasons Why, nova série original da Netflix baseada no livro “Os 13 porquês”? A série tem Selena Gomez como produtora executiva, e se você está se perguntando se vale a pena assistir, a resposta é SIM!

Diferentemente de Stranger Things, que eu achei ok, e só teve aquela hype toda, grande parte por causa da brilhante jogada de marketing da Netflix, 13 Reasons é, provavelmente, o melhor lançamento do ano da plataforma. Além de muito bem produzida e dirigida, a série que, aparentemente parece ser um drama teen, fala sobre temas sérios e atuais que precisam ser abordados, como bullying, abuso sexual, machismo, sexismo, violência sexual, homofobia, entre outros..

Sem dar muitos spoilers, 13 Reasons conta a história de Hannah Baker (Katherine Langford), uma adolescente que decide tirar a própria vida. Porém, antes disso, ela grava 13 fitas, cada uma sobre as pessoas que de alguma forma colaboraram para que ela chegasse ao ponto de cometer suicídio. A série é contada sob o ponto de vista de Clay Jensen (Dylan Minnette), amigo de Hannah. A estrutura de cada episódio uma fita é bom, causa aquele suspense, porque você sempre quer saber o que acontece na próxima fita. E também dá uma certa agonia, porque você começa a se perguntar: “Por que ele não escuta tudo logo de uma vez??!”. E mais, por que o Clay é um dos porquês se ele é um cara tão gente boa??

 

No desenrolar da história, é interessante ver a evolução do Clay, um menino tímido, caladão, que vai tentando fazer justiça pelas coisas que aconteceram com a Hannah, por quem ele era apaixonado. Ao mesmo tempo, podemos ver porque Hannah toma sua drástica decisão. O jogo entre passado e presente com os flashbacks é muito bem feito. Para quem fica perdido em How to Get Away With Murder, como eu, isso não acontece em 13 Reasons.

Enfim, Os 13 porquês é uma daquelas séries que te prende desde o primeiro episódio. Eu amei demais. Achei que eles abordaram todos os temas polêmicos muito bem. É uma história extremamente tocante e comovente que, além de entreter, nos faz refletir sobre o modo com o qual tratamos as pessoas. E também mandam um alerta para todas as pessoas que possam vir a se identificar com a protagonista de que sim, existe outra saída. Procure aconselhamento, ajuda de amigos, família… o suicídio nunca será sua melhor ou única escolha.

Então, se você ainda não viu, corre!! Vale a pena!

| 09/11/2015

Necessito compartilhar o meu mais novo vício: YOUNGER.
No último feriado fiz maratona da série, e agora estou contando os dias para a estreia da segunda temporada, em Janeiro.

Younger conta a história de Lisa Miller (Sutton Foster), uma mulher de 40 anos, mãe e recém divorciada, que tenta voltar ao mercado de trabalho depois dos 15 anos em que se dedico somente à família. Após algumas tentativas fracassadas, sua amiga Maggie (Debi Mazar) a convence a se passar por uma mulher mais jovem para conseguir um emprego, depois que o jovem Josh (Nico Tortorella) a confunde com uma menina de 20 e poucos anos em um bar, e a chama para sair. Ao colocar o plano em ação, Lisa é contratada por uma editora e dá início a sua jornada. Em sua nova aventura como uma jovem adulta de 26 anos, ela tem que lidar com os caprichos da chefe, novos amores, novas amizades e a filha de 18 anos que mora na Índia.

Quem também está no elenco é Hilary Duff – Alô, fãs de Lizzie McGuire! Ela interpreta Kelsey, a colega de trabalho de Lisa. A série é baseada no romance de mesmo nome, de Pamela Redmond Satran, e tem os mesmos produtores de Sex and the City. A história é leve, engraçada e super divertida. E os looks da Lisa e da Kelsey são ótimos!  Confiram:

A série é da TV Land, mas aqui no Brasil ela passa na E!.  Espia o trailer:

Se você ainda não está muito convencida, apenas duas palavras:
NICO TORTORELLA
De nada! XD

http://incomparablyme.tumblr.com/post/115817678816
Vem conferir esses também!
    | 09/07/2010

    Já ouviu falar no seriado PrettyLittleLiars? Está fazendo o maior sucesso nos Estates. Eu viciei desde o primeiro capítulo, adorei o enredo e os looks das meninas protagonistas. É quase uma versão teen de Desperates Housewifes, rs. Tem suspense, romance, segredos e um ótimo figurino. Não chega a ser GG, mas  dá para se inspirar e adotar algumas coisa legais do visual das meninas. O seriado é baseado numa série de livros, com o mesmo nome, que conta a história de cinco amigas.
    A  trama já começa com o desaparecimento de Alison DiLaurentis, abalando a amizade de Spencer Hastings, Hanna Marin, Aria Montgomery e Emily Fields. Após um ano as amigas voltam a se falar, mas ainda nem sinal da Alison. A partir daí começam a receber mensagens sobre segredos que só a amiga desaparecida sabia, todas elas assinadas por “A”. As meninas estão pensam que Alison teria voltado, quando recebem a notícia que a garota foi encontrada morta no quintal de sua casa. Tristes, as meninas vão ao funeral, e ao saírem todas recebem a seguinte mensagem: ” Eu ainda estou aqui… e eu sei de tudo. -A”. E aí ficou curiosa?? Rs. 
    A série ainda não está passando no Brasil. Mas para quem quiser ver em inglês e sem legenda, eu assisto online pelo site SideReel. É só acessar e procurar por Pretty Little Liars, aliás esse site é ótimo para assistir seriados e programas, que não passam por aqui e sem precisar fazer download. O ruim é que dependendo da velocidade da internet o vídeo pode demorar para carregar.